Síndrome do Impacto Fêmoro-acetabular

É uma condição mecânica causada pelo impacto entre a borda acetabular e a transição da cabeça com o colo do fêmur, levando a dor e limitação funcional. Acomete pacientes entre a terceira e quinta década de vida. A queixa mais comum é uma dor profunda na região inguinal, inicialmente após atividades físicas que envolvam flexão do quadril acima de 90º.

O diagnóstico é realizado através de exame físico complementado com radiografias especiais, tomografia e ressonância do quadril. O tratamento deve ser inicialmente conservador com orientações em relação a atividade física e fisioterapia. O tratamento cirúrgico visa corrigir o defeito no fêmur e acetábulo através da artroscopia de quadril, melhorando a dor e evitando a progressão e evolução para artrose do quadril.

imagem 1

imagem 2

Voltar ao topo